...............................................
...............................................
...............................................
TANATOLOGIA

ORIGENS DO MEDO DA MORTE

* Celso Fortes de Almeida
** Ma. Fernanda C. Nascimento

RESUMO

Este trabalho foi desenvolvido no NUREKR I, Núcleo da Escola de Enfermagem - Universidade Federal da Bahia e ITAI, para capacitação de equipe multidisciplinar para atendimento a clientes com expectativa de vida limitada, resultando em uma mudança de atitude frente à morte e ao processo de morrer, próprio e do outro.

As origens do medo da morte são encontradas na história do próprio desenvolvimento humano em suas quatro dimensões: Física, Emocional, Intelectual ou Mental e Espiritual ou Intuitivo. Focaliza-se aqui o medo irracional, impresso na dimensão física, onde todo o conhecimento é sensorial. O sistema nervoso humano só conclui seu desenvolvimento completo por volta dos sete anos, donde todo medo sentido até esta fase estará registrado de forma visceral, na memória celular e não elaborável intelectualmente. Na dimensão emocional, o propósito é estabelecer relacionamentos e a morte é sentida como rejeição ou abandono. Na dimensão intelectual, o propósito é lidar com as questões da vida de forma lógica e racional e a morte é sentida como medo da entrega. Na dimensão espiritual, o propósito é retornar à unidade e transcender o ego; a morte aqui é sentida como medo de submeter-se ao desconhecido. Só alinhado em todas as suas dimensões, o homem pode preparar-se para encontrar a sua morte com dignidade.

Leia mais sobre esse assunto:

ORIGENS DO MEDO DA MORTE (artigo completo)
MORTE: UM ENFOQUE HOLOGRÁFICO


 
 
 
.................................................................................................................................................
© Copyright 2007 - CELSO FORTES DE ALMEIDA- XAMANISMO
Todos os direitos reservados